Seu blog sobre Indústria 4.0

9 dicas para você organizar suas reuniões de forma pratica e ágil

Entenda como organizar suas reuniões de forma prática e agil

Como fazer reuniões produtivas cotidianamente de forma prática e descomplicada? As reuniões são constantes, um fator de importância para organizar e alinhar as ideias. Mas como organizar tantas reuniões com seu time e os outros setores e pessoas da empresa sem ficar perdido e perder muito tempo para organizar tudo?

Não é difícil de entender por que esse fenômeno é tão comum, pelo fato de que os problemas mais graves são complexos e difíceis de serem colocados para conversa. Precisamos organizar atas, convidar pessoas, definir ações e designar elas.

Diversas vezes nos perdemos nos assuntos discutidos em meio a tantas tarefas e precisamos revisitá-los na memória.

Nesse artigo comentaremos 09 dicas para organizar suas reuniões de forma prática e ágil.

  1. Planejamento
    É importante planejar com certa antecedência. Defina os assuntos, objetivo, quais mudanças, novas abordagens e tenha em mãos a finalidade da sua reunião.
  2. Organização e Preparo
    Conheça o assunto, estude as aplicações e práticas, estabeleça um roteiro e entenda o tempo que possui disponível. Qual ferramenta irão utilizar? Vai precisar de uma apresentação visual? Quais os dados devem ser apresentados?
  3. Selecione quem participará da reunião
    Após definir o tema e organizar sua reunião, convoque os participantes selecionados para a reunião com antecedência para que eles se organizem com as suas próprias agendas. Verifique a importância desta pessoa para a reunião, o quanto ela está envolvida e interessada com o assunto.
  4. Seja pontual
    Comece sua reunião no horário previamente selecionado e utilize o seu tempo com cautela, respeite o horário dos demais envolvidos.
  5. Tenha foco e seja objetivo
    Mantenha o foco com perguntas direcionadas e previamente pensadas para as pessoas certas, quais contribuições esta pessoa pode ajudar e como pode alavancar com o objetivo. Abra espaço para as contribuições mas mantenha o foco no assunto principal. As pessoas se sentem mais motivadas quando percebem que a sua opinião é valorizada.
  6. Estimule contribuições
    É importante que todos se sintam a vontade para contribuir, estimule essas contribuições e valorize as diversas opiniões. O ambiente precisa ser justo e confortável.
  7. Faça reuniões curtas
    Cuidado tornar o assunto muito cansativo, faça reuniões curtas para que não aconteça grandes distrações.
  8. Organize atas
    Tenha um documento programado para anotar as decisões, ideias e contribuições. Este documento também servirá para designar ações para os participantes após a reunião.
  9. Finalização
    Separe um tempo para finalizar, reforçar o objetivo e as definições e ideias contribuídas na reunião. Também esclareça as expectativas com os assuntos abordados, as respectivas responsabilidades de cada um e se possível marque a data da próxima reunião.

Viu como é fácil organizar suas reuniões?

Se você quiser ainda mais facilidade na hora de organizar suas próprias reuniões recomendo para você um software que faz todos os itens mencionados a cima e você só precisa preencher.

O iMeets é um software da plataforma iPRIMUM da empresa IndustriALL que tem como objetivo facilitar a organização das reuniões cotidianas empresarial. O software busca entender suas maiores demandas e transforma elas em ações fáceis e intuitivas, desde a organização até a finalização designando ações para os respectivos responsáveis, criando atas bem detalhadas e deixando tudo mais fácil e intuitivo.

Compartilhe:

Mais artigos

How to reduce the costs of equipment failures?

First, it’s important to understand the types of failures, then understand how to avoid them. With this, it is possible to identify both opportunities and greater investment in maintenance, or even improvement in the factory’s priority management.

Como reduzir os custos das falhas nos equipamentos?

Primeiramente, é importante entender os tipos de falhas, para então entender como evitá-las. Com isso, pode-se identificar tanto oportunidades e um maior investimento em manutenção, ou até mesmo melhoria na gestão de prioridades da fábrica.

Sentiu falta de algum conteúdo? Manda uma sugestão para a gente!