Cyber segurança e como utilizá-la com sabedoria

Você já parou para pensar sobre a quantidade de informação que um único sistema guarda? Atualmente com a indústria 4.0 e seus pilares de big data, internet das coisas e cloud computing, a gestão de tudo isso é um grande desafio. Mais do que isso, apesar da quantidade de dados, é essencial que pessoas e indústrias as protejam.

Essa proteção de chama cyber segurança: a proteção de sistemas, redes e programas de ataques digitais. Ataques cibernéticos normalmente acontecem com o objetivo de destruir ou mudar informações importantes, ou até parar processos e prejudicar sistemas.

Neste artigo você vai entender melhor os tipos de ataques cibernéticos que existem e como proteger a si mesmo, e ao seu ambiente de trabalho. Como a cyber segurança pode ser utilizada e como isto está relacionado ao compliance.

O que é Cyber segurança?

Cyber segurança é o que permite realizar a proteção de computadores, servidores, aparelhos móveis, sistemas e redes de ataques. Este termo se aplica a tudo o que é relacionado a segurança de computadores e proteção de dados.

Dados são considerados pelas indústrias e governos como ativos, e assim como estas instituições lidam com seu patrimônio, informações são agora parte do negócio e devem ser protegidas.

Tipos de Cyber segurança

A cyber segurança protege usuários de ameaças como:

  • Crime Virtual: um ou mais criminosos que atacam sistemas para ganhar dinheiro;
  • Guerra cibernética: normalmente é relacionada a coleta de informações e motivada por questões políticas;
  • Terrorismo Virtual: tem como objetivo a contaminação de sistemas para causar pânico ou medo.

Você provavelmente já vivenciou uma tentativa de invasão de seus dispositivos como celular ou laptop, ou até durante o seu trabalho. Os métodos mais comuns utilizados para estas invasões são vírus, worms, spyware e cavalos de troia.

Enquanto que vírus e worms são utilizados para se multiplicar, modificar e danificar um sistema, os spywares e cavalos de troia são utilizados para coleta de dados sem serem notados.

Em um ambiente industrial que mantém informação armazenada a partir de soluções de big data e cloud computing, com o objetivo de utilizá-las para decisões estratégicas, a necessidade de manter estas informações seguras aumenta muito.

Como os sistemas podem ser protegidos?

Existem algumas formas de proteger dispositivos e sistemas que são muito utilizadas por pessoas e indústrias também:

  1. Ter um plano de segurança;
  2. Proteção para redes sem fio;
  3. Compra de um antivírus.

Considerando uma indústria, além das estratégias de cyber segurança, é essencial que os pilares de pessoas, processos e tecnologia sejam um complemento uns para os outros, e juntos criem comportamentos e rotinas de defesa efetiva, para assim resultar em proteção aos ataques cibernéticos.

Alguns exemplos de proteção de rede são:

  • Logins extras;
  • Novas senhas;
  • Programas de antivirus;
  • Criptografar dados importantes;
  • Firewalls.

Cyber segurança e Indústria 4.0

A indústria 4.0, assim como mencionado anteriormente, lida com muitos dados ao mesmo tempo, e por isso está diretamente relacionada a cyber segurança.

Para indústrias que possuem soluções de indústria 4.0 como Internet das Coisas (IoT), Big Data e Cloud Computing para integrar todos os sistemas, qualquer ataque virtual pode impactar muito o negócio e deve ser prevenido.

Alguns exemplos de problemas que podem acontecer se a cyber segurança não é utilizada:

  • Comprometer a segurança física;
  • Paradas na produção;
  • Produtos com baixa qualidade;
  • Equipamentos danificados;
  • Perda financeira e de reputação.

Cloud computing

Quando indústrias começam a considerar o uso de cloud computing para armazenamento de informações fora de servidores físicos existe um mito: que essa prática é menos segura, porque quando o armazenamento é físico, há um sentimento de que você pode proteger as informações melhor.

Entretanto, a verdade é que segurança na nuvem é uma ferramenta em constante evolução e muito mais segura do que armazenamento de informações de forma física.

O mesmo acontece para a Internet das Coisas, que se relacionada com um grande número de sistemas físico cibernéticos como sensores, roteadores de internet sem fio, câmeras de segurança e detectores de movimento que se comunicam uns com os outros.

Estes são importantes sistemas que devem ser protegidos, e soluções de cyber segurança estão disponíveis para fazer isso acontecer.

Estudos de Caso

  • A AGC Glass Germany GmbH é um fornecedor para a indústria automotiva, e a empresa tem utilizado a solução de cyber segurança da Kaspersky Industrial para garantir que seus processos sejam contínuos. Os painéis de vidros são produzidos em outra planta produtiva do grupo, para então chegar ao processo de finalização e fazer com que as necessidades dos clientes sejam atendidas.
  • A Pavlodar Oil Chemical Refinery (POCR LLP) é uma indústria de óleo localizada no Cazaquistão. A POCR produz um grande gama de produtos derivados de petróleo, incluindo gasolina de várias octanagens, diesel, óleo combustível, líquidos e gases de hidrocarbonetos, enxofre comercial, diversos graus de betume (construção, pavimentação, telhado) e coque de petróleo. A empresa tem muitos projetos e investir em uma solução de cyber segurança é um fator chave do negócio.

A realidade da cyber segurança

Um estudo feito pela Honeywell em parceria com a LNS Research chamado “Colocando a segurança cibernética industrial no topo da agenda do CEO”, em tradução livre, incluiu a resposta de 130 tomadores de decisões na América do Norte, Europa e outras partes do mundo.

Os resultados mostraram que 45% dos participantes sentem que existe uma falta de confiança na liderança quando o assunto é cyber segurança.

Além disso, o problema é que 20% das empresas disseram que não possuem processos de avaliação de riscos, e 25% nunca testaram seu próprio sistema de segurança com invasões de teste.

Apesar de ser a realidade atual, indústrias não devem sentir-se confortáveis e simplesmente esperar para que os invasores realizem o primeiro ataque. A cyber segurança é uma solução de prevenção, para acima de tudo, evitar danos e perdas importantes.

Relacionado a isso, Matthew Littlefield, presidente da LNS Research, diz que um modelo de operações que permite transformação digital consiste em pessoas, processos e capacidades tecnológicas de excelência, e como consequência, cria cyber segurança nesse modelo.

A relação entre cyber segurança e compliance

A primeira tarefa aqui é entender o conceito de compliance. “Comply” em inglês significa fazer algo de acordo com as regras, seguir os direcionamentos. Isso ajuda ao sistema como um todo garantir que a organização está seguindo as regulamentações relacionadas ao tipo de negócio da empresa.

Para ter compliance em todos os processos e colaboradores, guias devem ser oferecidos e implementados, e ter uma cultura de transparência e segurança de dados é muito importante. Quando uma indústria consegue garantir estes dois aspectos, fornecedores e consumidores conseguem confiar nesta empresa e saber que suas informações estão seguras com eles para serem usadas de forma correta.

Um relatório da IBM e do Instituto Ponemon relacionado a problemas de violação de dados em 2017 mostra que mais de 50% das violações naquele ano foram causadas por pessoas dentro das próprias empresas ou falhas de sistemas.

Outro número importante é que 40% de custos indiretos para este tipo de incidente resulta em perda de confiança dos consumidores, e consequentemente, perda no negócio.

Portanto, ter uma boa solução de cyber segurança e realmente garantir que ela está funcionando é muito importante para que a empresa seja confiável e tenha compliance.

Conclusão

Como foi possível perceber durante este artigo, cyber segurança é importante e deve ser levada em consideração em qualquer estratégia de segurança industrial.

Atualmente, até carros e equipamentos de cozinha estão conectados com a internet, e por isso existem inúmeras oportunidades de ataques cibernéticos. Como uma consequência disso, grandes problemas relacionados aos sistemas e às informações contidas neles.

Da mesma forma, em empresas existe uma grande chance de um crime cibernético acontecer e afetar todo o negócio, as pessoas e seus consumidores.

Se você já está trabalhando com cyber segurança ou enfrentando desafios relacionados a isso, compartilhe nos comentários abaixo!

Comentários 22