Seu blog sobre Indústria 4.0

Entenda como a Inteligência Artificial se tornou um diferencial para indústrias dos mais diversos nichos de atuação, com exemplos práticos.

Qual o conceito de Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial, basicamente, faz com que as máquinas tenham um nível de inteligência para desenvolver diversas capacidades. Sem essas habilidades, elas necessitariam de um humano.

A IA é capaz de aprender, solucionar problemas e até mesmo tomar decisões, tudo embasado por muita lógica. 

Entretanto, para que tudo isso aconteça, a inteligência artificial precisa ser retroalimentada com novas informações, para que sua inteligência consiga montar cada vez mais lógicas e ser efetiva.

Por exemplo, ao entrar em contato com um chatbot de um banco, quando perguntamos:

  • Como posso parcelar a fatura do meu cartão?

A resposta alimentada na inteligência é que o passo a passo é X, Y, Z.

Mas quando falamos:

  • Quero parcelar a fatura do meu cartão.

O chatbot sem ter sido alimentado com uma resposta para essa afirmação, vai sinalizar que não tem resposta.

Assim, quando informamos ao chatbot que a resposta deveria ser a mesma, a Inteligência Artificial vai aprendendo estruturas e formatos de perguntas similares e palavras chave para ser cada vez mais assertiva. 

Como a Inteligência Artificial se aplica nas Indústrias?

Muitas mudanças surgiram nas indústrias em decorrência da Indústria 4.0, dentre elas se destaca a participação cada vez maior da Inteligência Artificial.

Seja através de processos automatizados, que utilizam grandes volumes de dados para tomar decisões. Ou com a utilização de sensores para tornar maquinários mais seguros, a Inteligência Artificial apoia a implantação da Indústria 4.0.

Nesse sentido, a Inteligência Artificial pode ser usada na indústria em diferentes processos e setores. Basicamente, ela pode ser aplicada em qualquer situação em que existam dados disponíveis e eles possam ser usados para apoiar na tomada de decisão.

Além da possibilidade de apoio no monitoramento do tempo dos ciclos de produção, da quantidade de material utilizado e fornecer informações de como organizar uma linha de produção de uma forma cada vez mais eficiente.

É por isso que máquinas com uso de inteligência artificial são capazes de realizar várias tarefas difíceis ou perigosas para humanos. Dentre elas: 

  • Estar em contato com matéria-prima tóxica;
  • Inspecionar todos os produtos de uma linha de produção;
  • Analisar componentes microscópicos;
  • Além de trabalhar longos períodos sem pausa.

As aplicações e benefícios para a indústria são inúmeros, segue abaixo os que mais se destacam:

Redução de custos

Com o uso da inteligência artificial na indústria é possível solucionar diversos problemas. Entre eles prevenir erros, estruturar a cadeia produtiva com base em dados e otimizar recursos humanos em atividades operacionais. 

A utilização de Inteligência Artificial possibilita a automatização de tarefas complexas. Assim, mitigando erros e proporcionando a realocação de recursos humanos para tarefas mais estratégicas, complexas e dinâmicas.

Além da possibilidade de tomada de decisão de forma mais rápida e segura e da predição de demandas com alta confiabilidade. Tudo isso gerando eficiência nos processos e redução de custos.

Manutenção preventiva

A inteligência artificial na manutenção preventiva das indústrias pode ser implementada para dois objetivos. O primeiro: fazer o monitoramento de equipamentos industriais. E o segundo: antecipar possíveis falhas ao final do processo de produção.

Sistemas com inteligência artificial aprendem as especificações normais dos equipamentos e seu comportamento através de dados. Dessa forma, eles recolhem as informações via sensores nos produtos, pelos quais é possível identificar os primeiros sinais de qualquer redução na performance.  

Portanto, é possível retirar o produto da linha de produção antes que gere mais erros e custos. 

Funciona da seguinte forma:

  1. Sensores identificam a falha no produto, através de sistemas de visão. Nestes a inteligência artificial consegue visualizar, captar, relacionar e transmitir informações sobre a qualidade do produto com agilidade e confiabilidade altíssimo.
  2. Máquina emite alerta (visual e/ou sonoro).
  3. Equipe de manutenção atua, impedindo pausas nas linhas de produção e retorno de lotes.

Evitando assim desperdício, retrabalho e manutenção desnecessária. E acima de tudo, prezando pela eficiência, reputação e credibilidade da marca. 

Inúmeras empresas já utilizam dessa tecnologia e obtiveram melhorias

Seja na indústria, e-commerce, streaming ou tantos outros segmentos. A Inteligência Artificial veio para colocar as empresas em outro patamar em inúmeros aspectos. Dentre eles a personalização de serviço, segurança e gestão de demanda e fornecedores.

Alibaba

Utiliza algoritmos baseados em inteligência artificial para apoiar na recomendação de produtos aos compradores. Além disso, na previsão de demanda aos fornecedores.

Também utiliza chatbot para comunicação com clientes. E afirma conseguir suprir 90% das solicitações dos seus clientes sem intervenção humana.

A implantação dessas tecnologias possibilitaram um aumento de US$ 7,2 bilhões em vendas em um único dia, quando comparado a resultados do ano anterior.

Netflix

A inteligência artificial e análise de dados permite que a Netflix entregue serviços personalizados com foco no usuário.

Como consequência, essas características a destacaram no setor do entretenimento e a colocou na posição de líder mundial em serviços de streaming.

Google

A Google utiliza inteligência artificial para vários de seus serviços, como:

  • Pesquisa Google para recomendação e ranqueamento de sites;
  • Google Fotos para reconhecimento e agrupamento de imagens; 
  • Gmail para sugestão de textos na escrita de e-mail; 
  • Google Maps para traçar a menor rota de um ponto ao outro e diversas outras aplicações. 

Ou seja, as atividades core dessa empresa não seriam viáveis sem essa tecnologia.

Aquarela + Grupo São Carlos

Essa parceria entre empresas desenvolve um conjunto de mecanismos inteligentes para a indústria e serviço de refrigeração. Prevenindo, portanto, falhas e otimizando processos de manutenção. 

A inteligência artificial identifica fatores críticos para a manutenção preventiva e corretiva a partir de dados. 

Esse controle fica visual através de painéis online. Assim, monitora-se o estado do equipamento em tempo real. Com isso é gerada uma lista otimizada de procedimentos para a prevenção de falhas.

Nissan

A montadora japonesa Nissan tem investido na transformação digital de seus processos, com foco na Indústria 4.0.

A empresa direcionou seu foco para a otimização de sistemas ERP com ferramentas tecnológicas, incluindo Inteligência Artificial. Estes proporcionam avanço das informações de forma segura entre os processos, permitindo insights de negócios.

A Inteligência Artificial, na transformação digital que estamos vivendo, se tornou um apoio importante para a implantação da Indústria 4.0. 

Dessa forma há mais eficiência e maior qualidade na indústria. Portanto, essa tecnologia é um item imprescindível para empresas que querem se manter competitivas no mercado.

Compartilhe:

Mais artigos

How to reduce the costs of equipment failures?

First, it’s important to understand the types of failures, then understand how to avoid them. With this, it is possible to identify both opportunities and greater investment in maintenance, or even improvement in the factory’s priority management.

Como reduzir os custos das falhas nos equipamentos?

Primeiramente, é importante entender os tipos de falhas, para então entender como evitá-las. Com isso, pode-se identificar tanto oportunidades e um maior investimento em manutenção, ou até mesmo melhoria na gestão de prioridades da fábrica.

Sentiu falta de algum conteúdo? Manda uma sugestão para a gente!