Seu blog sobre Indústria 4.0

Um panorama sobre o setor de siderurgia no Brasil e seu impacto na economia

As empresas do setor de siderurgia são essenciais na vida da grande maioria das pessoas. Afinal, o produto das siderúrgicas é o aço, um insumo fundamental para fabricação de diversos itens que fazem parte do dia a dia de todos.

Entre esses itens podemos citar os eletrodomésticos, os automóveis e a construção civil como um todo. Sendo, portanto, uma área muito importante para a economia do país.

Levando em consideração esse cenário, é importante entender através de um panorama geral a situação da siderurgia no Brasil e como contribue para a economia.

Principais insumos do setor de siderurgia e a produção de aço

Para que todos os setores da economia que contam com o aço sejam abastecidos é preciso que a produção aconteça em grande escala. Para isso, são utilizados insumos como o minério de ferro e o carvão mineral.

O minério de ferro tem grande disponibilidade no território nacional e é de boa qualidade. Por outro lado, o carvão mineral é escasso no Brasil e tem baixa qualidade. Como resultado, para utilizar o carvão mineral é preciso fazer a importação desse insumo.

Sendo importante para a economia, o aço brasileiro é competitivo no mercado internacional. Alguns aspectos que contribuem com isso são:

  • O minério de ferro brasileiro é reconhecido internacionalmente pois tem alto teor de ferro e um custo reduzido.
  • Além disso, o custo da mão de obra é barato quando comparado com outros países produtores de aço.
  • A logística do setor de siderurgia do Brasil é favorável, pela localização das indústrias em relação aos portos, ferrovias, fontes de insumo e instalações de produção.

Como consequência dessas vantagens, o Brasil é um dos maiores produtores de aço no mundo. A produção da commodity acontece em 10 estados brasileiros, sendo que os estados da região sudeste são os de maior destaque.

Porém, segue a lista completa dos estados: Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Ceará e Pará.

Como o Brasil produz aço de qualidade e em grande escala, este é um produto que é exportado para muitos países. Portanto, as siderúrgicas são muito importantes para a economia e também para geração de empregos para quem busca seguir uma profissão nesse setor.

Investimentos no setor de siderurgia no Brasil

Em 2020, quando a pandemia de COVID-19 teve seus primeiros efeitos na economia, muitas indústrias siderúrgicas desligaram seus fornos. Afinal, não havia demanda pelo aço e foi necessário tomar essa decisão.

Porém, quando a demanda começou a aumentar em 2021 com a volta da construção civil, o setor enfrentou problemas de oferta. Isso porque para ligar novamente os fornos são necessários cerca de 6 meses.

Consequentemente, os preços do aço aumentaram muito, o que deve mudar conforme a economia for se restabelecendo.

Por que o Brasil investe em indústrias siderúrgicas?

Conforme mencionado acima, existem diversas vantagens que deixam a produção de aço bastante competitiva no Brasil. Ter um insumo como o minério de ferro de alta qualidade para a produção de aço no país contribui para que investimentos sejam feitos.

Ainda que o país seja forte no setor em todo o mundo, é necessário manter os investimentos em modernização das indústrias e sistema logístico envolvido na produção. Dessa forma, a commodity segue sendo valorizada no país e cada vez mais a nação ganha reconhecimento e valorização.

Principais indústrias de siderurgia no Brasil e suas contribuições para a economia

CSN

Empresa que atua em toda a cadeia produtiva do aço, portanto desde a extração do minério de ferro, até a finalização da produção e venda dos produtos. Entre estes produtos de alto valor agregado temos aços planos revestidos galvanizados e folhas metálicas.

Em 2021, a empresa teve a abertura de seu capital como CSN Mineração. O objetivo dessa abertura foi levantar recursos para conclusão do processo de desalavancagem da empresa, e o resultado é a geração de grande valor para os acionistas.

Além disso, a empresa conta com um projeto ambicioso de expansão, chamado Projeto Itabiritos. Com isso, a CSN quer chegar a produção anual de 108Mt em 2032, fornecendo produtos com teor de ferro alto, sendo este em torno de 67%. 

Gerdau

A Gerdau é a maior empresa brasileira que produz aço, e é uma das principais exportadoras de aços longos e aços especiais para diferentes partes do mundo.

Para o mercado brasileiro há também a produção de aços planos, além do minério de ferro que a própria empresa consome. Por ser uma grande empresa brasileira, é possível encontrar ações da Gerdau listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), mas também em New York (NYSE) e Madri (Latibex).

Entre os pontos de destaque da empresa está a constante inovação da mesma. O investimento é alto em tecnologia, com foco em novos negócios e rentabilidade do negócio. Hoje, a Gerdau é considerada uma das empresas do setor de siderurgia mais inovadoras e modernas do mundo.

Usiminas

É uma empresa reconhecida pela sua grande produção de aços planos, sendo que possui operações em diversos segmentos da cadeia produtiva: mineração, logística, bens de capital, centros de serviõs e distribuição de soluções customizadas.

Conforme o mercado e a indústria siderúrgica melhoram sua demanda no ano de 2021, a Usiminas também está se beneficiando. Há expansão de vendas, acompanhamento e crescimento do mercado.

ArcelorMittal

O grupo ArcelorMittal é um dos maiores produtores de aço e mineradores no Brasil, sendo que possui clientes em 160 países.

O grupo conta com 11 centros de pesquisas e uma grande estrutura em todo o país. Sendo que são diversas posições de emprego preenchidas por quem segue uma profissão na área.

Perspectivas futuras para o setor de siderurgia no Brasil

Como você percebeu durante o texto, o setor de siderurgia do Brasil tem grande importância para a economia do país.

E com o avanço da economia o cenário é cada vez mais positivo para o setor. Principalmente considerando a retomada da construção civil, que utiliza muito o aço produzido pela indústria siderúrgica.

As empresas devem continuar investindo em modernização e melhores formas de produzir aço, a fim de valorizar ainda mais o setor.

Compartilhe:

Mais artigos

Sentiu falta de algum conteúdo? Manda uma sugestão para a gente!